/ Dicas Mecânicas

Problema no Motor: 9 formas de evitar prejuízos!


Não é nada bom girar a chave do carro e ouvir um “clac” no lugar do habitual som da partida. Isso significa que o seu motor pode ter fundido e você terá que fazer uma retifica para consertar. O que sairá uma fortuna. Para evitar esse tipo de situação é importante ficar atento aos sinais do carro.


A falta de manutenção é o principal motivo para a problema no motor. Por isso selecionamos 5 coisas que você deve fazer e 4 coisas que você não deve fazer para evitar essa situação.


Compare preços de oficinas da sua região
Informe o serviço que precisa e receba orçamentos pelo WhatsApp


1) Mantenha a lubrificação em dia


Apesar do motor parecer um único bloco por fora, por dentro ele é repleto de peças. Elas se movimentam fazendo o carro sair do lugar. Em geral as peças são compostas de ligas metálicas e, durante o movimento, os metais entram em atrito. O dano extra causado pela falta de óleo gera calor e a alta temperatura faz com que as peças se fundam, por isso chamamos de fundir o motor. Manter o óleo do motor em dia é fundamental para evitar esse tipo de problema.
**Dica:** Fique de ouvidos atentos para barulhos vindos do motor. O carro dá sinais antes de algum dano grave acontecer. Se estiver com algum som estranho no carro, você pode experimentar uma ferramenta de diagnóstico online como o [Sherlocar](https://suaoficinaonline.com.br/sherlocar/) para descobrir o que pode ser!

Para evitar esse problema no motor você deve priorizar a rotina de trocas de óleo do seu carro. Assim, evita que o óleo envelheça e acumule borras com o passar do tempo. Mesmo que você não rode muito, o próprio lubrificante tende a produzir borras. E quanto mais elas se acumulam maior as chances de entupir as tubulações por onde o óleo deve circular. Isso iria impedir que o lubrificante atue e potencializará o atrito que ele na verdade deveria impedir, causando o travamento das peças.


Além da periodicidade, você deve checar o nível de óleo no reservatório e completar quando necessário. Dê preferência a lubrificantes da mesma marca e especificação indicadas pelo fabricante. A redução do nível do óleo é normal e pode ocorrer com mais intensidade em alguns modelos, chegando a reduzir até 1 litro a cada 1.000 km rodados.


Se quiser entender mais sobre periodicidade de troca, o que significam as especificações e qual o procedimento, acesse nossa página sobre óleo de motor!


2) Use combustível de qualidade


Outro inimigo da vida útil e facilitador de problema no motor é o combustível adulterado. Ele possui solventes e uma série de produtos Problema no Motor - Combustívelquímicos que são altamente nocivos ao motor. Esses compostos alteram a composição das substancias que entram nos cilindros. Isso aumenta o consumo e afeta a performance do carro. Se o seu combustível está diminuindo muito rápido mesmo tendo ido a um posto de confiança, confira nosso [guia definitivo para economia de combustível](https://suaoficinaonline.com.br/conteudo/consumo-de-combustivel-guia-completo-para-economizar/)!
Os problemas no motor se estendem também para os componentes ligados ao sistema de alimentação do carro – bomba de combustível, filtros e bicos injetores. Por isso, use sempre combustível legítimo, que você conheça a procedência e confie.

3) Troque filtros de ar, óleo e combustível

Os filtros são muito importantes para reduzir as impurezas que chegam no motor. Cada filtro é responsável por limpar um tipo de sujeira. O filtro de ar do motor filtra particulas de impureza do ar que vai para dentro do cilindro. O filtro do combustível, limpa impurezas que podem estar no tanque de combustível e o filtro do óleo, limpa impurezas desse fluido que surgem conforme o uso. Tanto pelo ar, quanto pelo óleo e combustível, se não são filtradas as partículas de sujeira vão para o motor e podem comprometer o funcionamento de todo o conjunto!


O caso do filtro de ar é ainda mais complexo. O motor sai de fábrica já com algumas folgas padrões entre as peças. Se o ar que entrar estiver com partículas de areia, por exemplo, os grãos poderão se alojar entre as folgas. Isso causaria um desgaste muito maior aos componentes. Os grãos atuariam feito uma lixa raspando no metal das peças.


Troque os filtros de acordo com o indicado pelo manual do condutor. O de ar, em especial, pode ser substituído quando começar a ficar amarelado. Assim, evita um problema no motor.


4) Cuide do resfriamento do motor

O calor é muito prejudicial ao motor. Quando as peças estão quentes elas tendem a aumentar de tamanho (expandir). Isso gera mais atrito e, somado a temperatura, faz o sistema travar.


Uma boa dica para controlar esse problema no motor é olhar no painel do carro. Poucos motoristas fazem isso, mas lá você encontra a luz de indicação de temperatura de temperatura do líquido de arrefecimento.

Se você não conhece as luzes do painel do seu carro, veja mais aqui em luzes mais importante do seu painel.

O liquido de arrefecimento é chave para o funcionamento do sistema que resfria seu carro. Além de checar o nível do fluido, verifique se a luz está acesa. Se estiver, vá a uma oficina.


Para evitar defeitos no sistema de arrefecimento e problema no motor, cheque periodicamente a quantidade de água no reservatório. Observe o surgimento de furos ou rachaduras nas mangueiras. Também verifique o radiador – lembre-se de abastecê-lo -, para evitar prejuízo no futuro.


Atenção: Nunca retire a válvula termostática. A função dela é fazer a manutenção da temperatura do carro. Quando essa peça é retirada, o carro trabalha com o óleo frio – o que não permite que ele chegue a sua capacidade de lubrificação ideal. Se a parte estiver com defeito, troque-a e não retire.


5) Fique de olho na correia dentada

A correia dentada é um dos componentes mais importantes do motor. Seu principal papel é manter o ritmo de funcionamento dos componentes do motor funcionando de forma adequada. A correia garante que os pistões estão trabalhando no tempo correto com o resto dos componentes. Se essa peça quebra, todo conjunto falha podendo danificar severamente o motor. Para evitar esse problema preste atenção no período de troca da correia dentada e a possíveis barulhos que possam indicar alguma falha.


6) Não ande em excessiva baixa rotação

Não ande em marcha alta em baixa velocidade. Essa prática força demais o motor reduzindo sua vida útil. Se estiver a 70 Km/h em quarta marcha e, de repente, diminuir para 30 Km/h, mas não reduzir, irá forçar muito o componente. Isso causa um sério problema no motor no longo prazo.


Caso seu carro não tenha conta-giros, procure respeitar os seguintes limites de velocidade para cada marcha:

  • 1ª marcha: até 20 km/h;
  • 2ª marcha: até 35 km/h;
  • 3ª marcha: até 45 km/h;
  • 4ª marcha: até 60 km/h.

7) Não exceda o limite de giros

Assim como giro baixo, o giro alto também é prejudicial ao motor. Evite ultrapassar o limite de giros que normalmente é de 3.500 RPM.


8) Não abra a tampa do reservatório de água com o carro quente

Abrir a tampa com o carro quente é extremamente perigoso! Você corre sérios riscos de sofrer queimaduras por conta da água quente que pode espirrar do sistema. Além disso, a abertura do reservatório em momentos incorretos pode gerar bolhas no sistema que dificultam a circulação da água que resfria o motor. O funcionamento incorreto da circulação de água pode causar o superaquecimento do motor e consequentemente fundir os componentes.


9) Não deixe o carro “bater-pino”

O barulho de “bater o pino” significa que o motor sofreu uma pré-ignição e isso é um grave problema no motor. Só acontece quando a detonação inicia antes da centelha sair da vela. É realmente perigoso e se acontecer você deve encaminhar o seu carro a uma oficina.


NÃO TEM MAIS DESCULPAS!


A partir de agora é com você! Cuidado com o seu motor. Ele é muito importante para o carro e não é tão resistente quando você pensa. Os reparos são caríssimos. Por isso, faça as manutenções direitinho e consulte sempre um especialista se perceber algo errado.

Encontre as oficinas certas para você e compare orçamentos:
Revisão do líquido de arrefecimento em São Paulo
Revisão do líquido de arrefecimento em Rio de Janeiro
Revisão do líquido de arrefecimento em Belo Horizonte
Revisão do líquido de arrefecimento em Curitiba
Revisão do líquido de arrefecimento em Brasília
Revisão do líquido de arrefecimento em Porto Alegre
Revisão do líquido de arrefecimento em Goiânia
Revisão do líquido de arrefecimento em Fortaleza
Revisão do líquido de arrefecimento em Salvador
Revisão do líquido de arrefecimento em Campinas
Revisão do líquido de arrefecimento em Recife
Revisão do líquido de arrefecimento em Guarulhos


A sua oficina agora está online!


A Sua Oficina Online trabalha para diminuir a falta de confiança que os consumidores têm no setor de reparação automotiva, fornecendo gratuitamente informação e ferramentas que conectam donos de carro com as oficinas mecânicas mais bem avaliadas pelos clientes de todo Brasil.


Aqui você compara o preço de serviços mecânicos das melhores oficinas próximas de você.

Sua Oficina Online

Sua Oficina Online

Encontre oficinas próximas a você e compare preços de serviços mecânicos gratuitamente e em poucos cliques

Read More