Cada vez mais temos motores de carros mais poderosos e complexos resultando em uma melhora na economia de combustível e também uma redução de poluentes emitidos.

Junto com essa evolução do motor, a tecnologia de óleo de motor tem avançado constantemente. A indústria do petróleo respondeu às demandas de montadoras e reguladores com produtos que podem suportar o aumento das demandas.


Precisando de um serviço automotivo?


Mas há limites para o que pode ser alcançado com óleos de motor convencionais à base de petróleo. Isso levou ao desenvolvimento de óleos sintéticos, que têm capacidades que vão muito além das dos óleos convencionais. Claramente, esses óleos sintéticos de alto desempenho também custam mais do que os óleos convencionais.

Então, o óleo sintético é adequado para o seu carro? Vejamos as diferenças entre os vários tipos de óleo de motor disponíveis em detalhes, avaliando os prós e os contras de cada tipo, e chegamos a algumas conclusões sobre qual óleo pode ser o correto para o seu veículo específico e situação de direção.


Como saber se o seu veículo requer óleo sintético


Existem duas respostas diferentes para essa questão, com base em duas interpretações diferentes da palavra "requer".


Se o manual do seu carro requer óleo sintético, você deve usá-lo.


Isso é fácil! Se o fabricante do seu veículo disser que você precisa usar óleo sintético, use-o. Antes isso costumava se aplicar principalmente a veículos de alto desempenho, mas hoje muitos carros exigem óleo sintético.

Se isso se aplica a você, você deve usar óleo sintético e trocá-lo nos intervalos prescritos. Caso o contrário não só pode-se causar danos potenciais ao motor, como também anular sua garantia, mesmo que o problema do motor não tenha relação com o óleo. Os sintomas do uso do óleo incorreto incluem:

• Luz de pressão de óleo ligada devido à baixa pressão do óleo
• Ruídos do motor devido a pressões mais baixas ou viscosidade incorreta


Existem outras razões pelas quais o óleo sintético pode ser necessário


Isso é relacionado às condições em que você dirige regularmente, o veículo dirigido e ao seu plano de longo prazo para esse carro. Se você lida com qualquer uma das seguintes condições,o sintético pode ser necessário ou pelo menos ideal:

• Você dirige em calor extremo, condições extremas de frio ou poeira
• Você tem um veículo de alto desempenho
• Você tem um motor com um turbocompressor ou supercharger
• Você reboca cargas pesadas
• Você demora mais do que deveria entre intervalos de troca de óleo (isso pode anular sua garantia)
• Você planeja manter seu carro por um longo tempo
• Você faz muitas viagens curtas

Por outro lado, o óleo convencional é bom nos seguintes casos, assumindo que o manual do proprietário diz que está tudo bem:

• Você vive em um clima moderado (não muito quente nem muito frio)
• Você troca seu óleo de acordo com o cronograma de serviço do fabricante
• Você aluga seu veículo
• Você ganha um carro novo a cada poucos anos
• Você tem um carro mais antigo que usa ou queima uma quantidade significativa de óleo (o enchimento regular com o sintético fica caro)


O óleo sintético é ideal para você?


O óleo sintético é um produto muito melhor que o óleo convencional. Ele funciona melhor, dura mais tempo, protege melhor o motor, reduz o atrito para melhor economia de combustível e flui melhor quando está frio. O óleo sintético foi totalmente testado e comprovado, para que você possa usá-lo com confiança.

Infelizmente, também é caro.

Se você não quer se dedicar ao custo da sintética, mas quer mais proteção do que os óleos convencionais, uma mistura sintética é um meio-termo aceitável.
Se você aluga ou compra carros novos com freqüência e raramente dirige em climas extremos, então o óleo convencional com intervalos de troca normais cumpre totalmente o papel.

Seja qual for o óleo escolhido, lembre-se de trocar o óleo e o filtro regularmente, com base nas recomendações do manual do proprietário. Vamos ver mais de perto como o óleo funciona e quais são as diferenças entre sintéticos, convencionais e mistu
ras.


Compare o preço da troca de óleo com as oficinas mais bem avaliadas próximas a você aqui.

O papel do óleo motor no motor do seu veículo


O óleo que circula pelo seu motor tem várias funções importantes:

• Impedir as partes móveis de se chocarem uma com as outras
• Reduzir o atrito
• Reduzir a temperatura do motor
• Remover partículas contaminantes e detritos
• Proteger as peças do motor contra o desgaste prematuro
• Prevenir a corrosão

Os óleos de hoje são uma mistura quimicamente complexa de cerca de 80% de óleo de base (para funções essenciais de lubrificação) e 20% de aditivos. Estes aditivos ajudam o óleo a durar mais tempo, fluem melhor e sobrevivem a condições adversas.


O que é óleo sintético?


O óleo sintético é feito de compostos químicos feitos artificialmente. Estes compostos podem ser derivados de produtos petrolíferos, ou podem ser feitos de outros materiais químicos brutos. O que eles têm em comum é um nível mais alto de desempenho comparado aos óleos convencionais. Os óleos sintéticos são especificamente adaptados para operar em situações além dos limites dos óleos convencionais.

Além de ser refinado, assim como o óleo convencional, o óleo sintético também é purificado, destilado e reduzido a seus blocos moleculares básicos. Isso elimina muitas das impurezas que permanecem no óleo convencional. Ele também permite que essas moléculas individuais sejam "personalizadas" para as demandas dos motores de hoje. Essas moléculas agora podem proteger melhor seu mecanismo e maximizar seu desempenho.

Em seguida vem o pacote especial de aditivos - uma parte essencial do óleo sintético. Esses aditivos são geralmente de qualidade superior e funcionam ainda melhor devido à estrutura dos catalizadores personalizados do óleo sintético. Os motores normalmente são mais limpos e mais suaves com óleo sintético no cárter.


Os benefícios do uso de óleo sintético


Há muitos benefícios do uso de óleo de motor sintético. O óleo sintético faz tudo isso:

• Reduz o desgaste quando o motor está frio
• Circula e lubrifica melhor a baixas temperaturas
• Resiste a diluição em altas temperaturas
• Melhor resistência à oxidação, lodo e colapso
• Dura mais
• Melhora a eficiência de combustível
• Melhora a proteção contra depósitos e formação de cinzas em motores turboalimentados e sobrealimentados
• Permite mais potência e torque devido ao menor atrito e arrasto no motor
• Cria uma margem de segurança mais alta em condições extremas (temperaturas muito altas ou baixas, deixando o nível de óleo muito baixo, etc.)


Óleo sintético vs. óleo convencional


O óleo sintético da um banho no óleo convencional em termos de desempenho. Um recente estudo descobriu que os óleos sintéticos protegem os motores em média 47% melhor que o óleo convencional. Eles são mais estáveis, fluem melhor em baixas temperaturas, seus aditivos duram mais e reduzem o desgaste do motor. Então, se o desempenho é sua única preocupação, definitivamente escolha o sintético.
Mas há o problema do custo.

Este é o principal problema para os motoristas conscientes sobre o orçamento. O óleo sintético custa mais do que o óleo convencional, aproximadamente o dobro. Vale à pena?

Estritamente falando, é. O óleo sintético é um produto superior. Ele fará um trabalho melhor em uma gama maior de condições do que o óleo convencional. É também um produto muito mais complexo, o que contribui para o aumento do custo. Você recebe o que paga e todos os veículos serão beneficiados. O estudo de pesquisa estimou que o aumento do preço do uso de óleo sintético é baixo.Considerando quanto um problema no motor custaria, isso poderia ser uma barganha.


Óleo de mistura sintética vs. sintético completo


Existe um meio termo. Ao criar um novo tipo de óleo que é parte convencional e parte sintética, e dividindo a diferença de custo, agora temos uma melhor e melhor linha de óleos na prateleira. Misturas sintéticas ficam no meio da grande diferença de preços entre óleos convencionais e sintéticos.

Quando uma mistura sintética faz sentido? É realmente um julgamento de sua parte. Se você absolutamente se recusa a gastar os custos sintéticos totais, mas ainda sente que precisa de mais proteção do que as ofertas convencionais de óleo, então uma mistura sintética faz sentido.

Uma dica final para ter em mente: se o manual do proprietário especificar que é necessário óleo sintético completo em seu veículo, NÃO substitua o óleo de mistura sintética. Isso anulará sua garantia.


Precisando de um serviço automotivo?


Mudanças de óleo sintético vs. mudanças regulares de óleo


Durante uma troca de óleo, o óleo antigo em seu motor é drenado e substituído por óleo novo. Seu filtro de óleo antigo também é removido e substituído por um novo. Quer você esteja usando óleo convencional ou sintético, o processo e a quantidade de trabalho envolvido são os mesmos.

A única diferença é o tipo de óleo e seu custo. O óleo sintético custa mais, então uma mudança de óleo sintético custará mais do que uma troca convencional de óleo.

Os intervalos de troca de óleo devem ser os mesmos, independentemente do tipo de óleo. Verifique o manual do seu proprietário. Se você fizer muitas paradas de carro, deverá observar o "uso extenso do veículo" do fabricante, que normalmente especifica mudanças mais frequentes.


Sobre intervalos prolongados de troca de óleo


Alguns fabricantes de óleo sintético podem ter intervalos mais longos de troca de óleo, e alguns óleos sintéticos de alta qualidade são vendidos com essa promessa. Estender seus intervalos de troca de óleo com óleo sintético reduzirá efetivamente o custo de suas trocas de óleo em uma base de custo por kilometro. Mas não é assim tão fácil.

Se o seu carro estiver sob garantia, você deve observar os intervalos de troca de óleo do fabricante, qualquer que seja o óleo que você usar. Caso contrário, você anulará sua garantia. Independentemente de quanto tempo o óleo se sustenta, ele está constantemente sendo contaminado com os subprodutos da combustão. Estes se acumulam na mesma taxa, não importa qual óleo você use. Mudar o óleo remove esses contaminantes, então quanto mais tempo eles permanecerem no seu óleo, mais danos eles poderão causar.


Encontre as oficinas certas para você e compare orçamentos:
Troca de Óleo em São Paulo
Troca de Óleo no Rio de Janeiro
Troca de Óleo em Belo Horizonte
Troca de Óleo em Curitiba
Troca de Óleo em Brasília
Troca De Óleo em Porto Alegre
Troca de Óleo em Goiânia
Troca de Óleo em Fortaleza
Troca de Óleo em Salvador
Troca de Óleo em Campinas
Troca de Óleo em Recife
Troca de Óleo em Guarulhos


A sua oficina agora está online!

A Sua Oficina Online trabalha para diminuir a falta de confiança que os consumidores têm no setor de reparação automotiva, fornecendo gratuitamente informação e ferramentas que conectam donos de carro com as oficinas mecânicas mais bem avaliadas pelos clientes de todo Brasil.

Aqui você compara o preço de serviços mecânicos das melhores oficinas próximas de você.Faça parte de nossa comunidade e garanta o melhor custo benefício possível!

Sua Oficina Online

Sua Oficina Online

Encontre oficinas próximas a você e compare preços de serviços mecânicos gratuitamente e em poucos cliques

Leia Mais
Óleo Sintético: É bom para o seu carro?
Share this

Subscribe to Sua Oficina Online